Aposte na Picanha

Aposte na Picanha

Por Riobeef

Espetar e preparar a picanha em medalhões é tarefa para um mestre churrasqueiro! Se você considera essa uma missão desafiadora, acompanhe este artigo até o final. A picanha é a estrela de muitas confraternizações. Na mesa do brasileiro, é a carne mais esperada enquanto os aperitivos são degustados. Por isso, não dá pra decepcionar os convidados no preparo da picanha se você quiser ser considerado o churrasqueiro da turma. Preparei algumas dicas imperdíveis para você aprender de uma forma prática a espetar e preparar a picanha em medalhões.

 

Espetando a picanha

Sabe aquele corte digno de foto, onde a picanha fica parecendo um medalhão no espeto? É bastante comum ver a picanha servida assim nas churrascarias. Em casa, você pode fazer também de uma forma bem simples. Lembre-se de escolher uma picanha com a camada de gordura generosa. Cada peça de picanha deve ter a medida de um palmo, ou seja, a mão aberta de um adulto. Antes de espetar, as fatias devem ser cortadas em medalhões, tal como provavelmente você cortaria após o preparo. Aposte em um corte de espessura de três dedos, o que deve render quatro pedaços.

 

Para espetar e preparar a picanha em medalhões, comece espetando o menor dos cortes. Trate de mexer o espeto para espetar a carne para facilitar o trabalho, principalmente se a ponta não for muito afiada. Ao espetar a primeira parte da picanha, volte. Em seguida, vá perfurando a carne e girando o espeto. Posicione o medalhão em formato de meia lua, até que fique completamente no espeto. Faça o mesmo com os outros pedaços, sempre do menor para o maior.

 

Assando a picanha

 

Logo depois de espetar a carne, tempere todos os lados com o sal grosso. Em seguida, já pode levar ao fogo, com a brasa bem acesa. Posicione o espeto com a picanha no primeiro andar, na parte mais quente da churrasqueira. Já ensinei a acender a brasa do jeito certo para assar o churrasco neste artigo. Para levantar o fogo, caso seja necessário, pode deixar a parte de gordura da picanha para baixo. Assim, conforme a gordura pinga, o fogo aumenta. Lembre-se sempre de girar a sua picanha. Aqui não tem aquela história de “lado debaixo da picanha”, pois todos os lados devem receber a mesma quantidade de calor. O tempo da cocção da picanha é rápida, já que estamos lidando com uma carne macia. Quanto mais próxima da brasa, mais veloz é o preparo da carne. Esta é uma dica importante para o mestre churrasqueiro: todas as carnes macias devem ficar próximas ao fogo num movimento giratório. No entanto, com carnes mais firmes, essa dica não se aplica.